PayPalMB WAYnr fiscal cvp 55d50 Subscrever Newsletter Doar

Pesquisa Facebook Instagram Twitter Flickr redes youtube

Encontre aqui a Cruz Vermelha mais próxima de si.

quinta-feira, 30 agosto 2018 00:00

Dia Internacional dos Desaparecidos

Migrantes Desaparecidos: “Trace the Face” restabelece contacto de uma família por semana.

postersfamily CICV/Cruz Vermelha Portuguesa 

Anualmente milhares de migrantes desaparecem na rota para a Europa. As famílias separam-se, os entes queridos acabam em diferentes partes do mundo, desconhecendo onde estão os seus familiares e se estão seguros. Para ajudar as famílias a encontrar os entes queridos desaparecidos, várias Sociedades Nacionais Europeias da Cruz Vermelha, entre elas a Cruz Vermelha Portuguesa, e o Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) lançaram em 2013 uma ferramenta online chamada “Trace the Face”. 

Este website permite que as pessoas separadas das suas famílias postem uma fotografia de si próprias para promover a sua procura. Anualmente, uma média de uma família por semana consegue restabelecer o contacto com o seu ente querido após lançarem a sua pesquisa neste website.

Desde a sua criação, o “Trace the Face” já reuniram 114 famílias. Encontrar pessoas desaparecidas demora normalmente tempo, e durante o tempo da separação as famílias sofrem. Recentemente um rapaz de 13 anos falou com o seu pai após três anos. Este jovem vive na Finlândia com outros familiares e o seu pai está na Alemanha.  Para ajudar ainda mais pessoas a restabelecer os contactos, o CICV está a trabalhar em desenvolvimentos tecnológicos para o website, como reconhecimento facial e algoritmos de nomes. No próximo Outono, serão colocadas em vários centros de asilo de migrantes da Cruz Vermelha em França, Itália e Alemanha várias estações interactivas para utilização desta ferramenta.

Com a participação de mais países no “Trace the Face” e a publicação de fotos, há uma maior probabilidade de se encontrarem familiares perdidos. Inicialmente usada pelas Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha na Europa, esta ferramenta está agora também a ser utilizada por várias delegações do CICV e por outras Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho ao longo da rota migratória para a Europa.
Neste Dia Internacional dos Desaparecidos, ajude-nos a espalhar a palavra partilhando o link do website e a página do Facebook. Mais de 4.000 pessoas que já publicaram a sua foto no “Trace the Face” ainda procuram os seus familiares.


Para mais informações, contacte o serviço de Restabelecimentos dos Laços Familiares da Cruz Vermelha Portuguesa:
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.