PayPalnr fiscal cvp 55d50 Subscrever Newsletter Doar

Pesquisa Facebook Instagram Twitter Flickr redes youtube

Encontre aqui a Cruz Vermelha mais próxima de si.

quarta-feira, 20 março 2019 17:55

Cruz Vermelha prepara envio de ajuda para Moçambique

A Federação Internacional da Cruz Vermelha e a Cruz Vermelha Moçambicana emitiram ontem um apelo com vista à angariação de 8 milhões e 800 mil euros para apoiar as comunidades afetadas pela tragédia da Beira.

As prioridades são a prestação de cuidados de saúde e o fornecimento de abrigo, água e saneamento. Ver apelo aqui.

Ao abrigo deste apelo e por indicação da Embaixada de Moçambique em Lisboa, a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) está a organizar iniciativas em articulação com o Governo Português e múltiplas entidades do sector Autárquico, social e privado.

Neste sentido, a Cruz Vermelha apela à doação para o seu Fundo de Emergência, de modo a que a ajuda humanitária chegue de forma rápida e eficiente, junto das pessoas que têm a sua vida, saúde e dignidade ameaçadas.

Por diretiva expressa da Federação Internacional, a CVP não está a receber donativos de alimentos ou bens de outra espécie. Contudo, esta Instituição agradece os contributos até agora disponibilizados.

À data de hoje foram angariados 25.000 euros.

Os donativos podem ser efetuados para o IBAN PT50 0010 0000 3631 9110 0017 4, através do multibanco, entidade 20 999, referência 999 999 999 ou online neste site aqui.

A CVP tem em Lisboa, em total prontidão, uma equipa para intervir na Beira. Esta equipa é composta por médicos, enfermeiros, socorristas e especialistas em logística. Estão também disponíveis um hospital de campanha e material diverso de emergência, como rações de combate, camas e geradores. Estão igualmente reunidos stocks de pastilhas desinfetantes, soros, antibióticos, antimaláricos e sacos para cadáveres.

Em simultâneo, a CVP está a organizar o envio de 5 toneladas de alimentos e produtos de higiene que já foram doados.

Encontra-se em Maputo a coordenadora das Relações Internacionais da CVP, Diana Araújo, para integrar a equipa de especialistas do Serviço de Restabelecimento dos Laços Familiares em articulação com o Comité Internacional da Cruz Vermelha.

A CVP agradece a responsabilidade social e a solidariedade demonstrada pela comunidade em geral.

Ver galeria de imagens aqui.