PayPalMB WAYnr fiscal cvp 55d50 Subscrever Newsletter Doar

Pesquisa Facebook Instagram Twitter Flickr redes youtube

Encontre aqui a Cruz Vermelha mais próxima de si.

sexta-feira, 29 maio 2020 12:41

Conheça em detalhe a resposta da Cruz Vermelha no quadro da prevenção e combate à Pandemia

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) mantém a sua actividade diária nos trabalhos de prevenção e controlo da Pandemia.

Estão envolvidos, desde o início desta Operação, 3 167 voluntários da CVP e foram sensibilizadas mais de 44 mil pessoas para os cuidados a ter em período de Pandemia.

Saúde Todos os recursos da Instituição foram colocados ao dispor do Estado, nomeadamente, 15 ambulâncias exclusivas ao transporte de doentes COVID durante o período mais crítico. A  Unidade de Triagem Smart, hoje designada de Unidade de Testes COVID, esteve operacional até então. Diariamente são avaliadas as necessidades e a adaptação dos recursos às mesmas, suscitando a criação de novas respostas neste âmbito.

A Cruz Vermelha Portuguesa realizou, até ao momento, 15 252 testes, sendo que 537 testes foram realizados através da via gratuita, disponível pela CVP aos Agentes de Protecção Civil, designadamente, 366 à PSP, 2 à GNR , 2 ao SEF, 167 aos Bombeiros  e 4 à Protecção Civil. 

O desconhecimento associado à doença impõe um planeamento de operações dinâmico com uma gestão muito próxima dos recursos humanos e expectativas associadaspartilha Gonçalo Órfão, Coordenador Nacional de Emergência da CVP sobre a gestão de recursos em fase de Pandemia.  

Social O pedido de apoio em géneros alimentares de famílias em situação de desprotecção social foi dobrado na rede de Estruturas Locais da CVP, verificando-se um aumento acima dos 40%. Se antes, na normalidade, a Cruz Vermelha apoiava cerca de 47 mil famílias por ano, este número será significativamente superior no balanço do presente ano, mesmo considerando só os apoios registados nos últimos dois meses. A garantia da continuidade do apoio domiciliário aos mais idosos foi, igualmente, uma preocupação e foco de atenção. Os serviços e as equipas técnicas reorganizaram-se em todo o território nacional, enriquecendo a capacidade de resposta com voluntários da CVP, fazendo chegar alimentos, medicamentos e cuidados básicos a idosos isolados. O Serviço de Teleassistência da CVP possibilitou a compra de produtos online, essencialmente mercearia e produtos de higiene, com entrega ao domicílio para os seus utentes, salvaguardando a não exposição destes ao Vírus.

As pessoas refugiadas apoiadas pela CVP foram, também, foco de preocupação nesta fase de Pandemia, tendo sido reforçados os contactos telefónicos e promovida a distribuição de materiais de orientação para a prevenção do COVID-19, traduzidos em diversos idiomas, garantindo, assim, que todos estavam devidamente informados.

Mantém-se activa uma linha geral de apoio psicossocial para colaboradores e voluntários da rede nacional e foram criadas 53 linhas locais de apoio psicossocial e social.

Segundo a responsável pela área Social da Cruz Vermelha Portuguesa “ é determinante o apoio dos doadores para aumentar a capacidade de resposta da Instituição aos pedidos de ajuda. São muitos aqueles que se viram expostos a uma situação de grande vulnerabilidade por razão da Pandemia. Os colaboradores e voluntários da CVP reinventaram as suas funções, redobraram os esforços e o resultado é magnífico. Hoje, acreditamos que estamos ainda mais perto de quem mais precisa.”.

Gestão de donativos  Através do movimento #eu ajudo quem ajuda, foi possível angariar, até ao momento, 1 579,572 € distribuídos em três âmbitos: [1] 456 633,00 em Equipamento de protecção individual - onde está incluído todo o material necessário à protecção dos técnicos de Saúde nomeadamente, máscaras, fatos protectores, tocas, óculos, protecção de sapatos, gel desinfectante para mãos e superfícies; [2] 684 024,00 Material Médico que inclui todo o material necessário para a capacidade de resposta médica em contexto hospitalar, nomeadamente, ventiladores, testes COVID, equipamento tecnológico, medicação e material descartável e; [3] 439 095,00 Logística - onde está incluído todo o material alocado à capacidade de resposta à Pandemia nomeadamente, transporte de doentes, manutenção das Unidades de Campanha Hospitalares, mobilização e manutenção de meios.

Desafio Futuros Os cuidados de Saúde foram a prioridade no período mais crítico da Pandemia. Hoje, no planeamento da estratégia de resposta no terreno urge a necessidade do apoio Social. Perspectiva-se que o período crítico em que nos encontramos terá consequências graves de cariz social. O aumento de pedidos de apoio de famílias carenciadas tem aumentado a cada dia e a capacidade de resposta depende de todos nós. Actualmente, a CVP apoia 47 350 famílias vulneráveis, para chegar a mais pessoas, precisamos da sua ajuda. Toda a informação sobre os apoios e a gestão de donativos são regularmente actualizadas na página da Transparência do site oficial. Contando, ainda, com o acompanhamento do auditor externo da Operação.

Dados gerais na resposta da CVP

59 390 pessoas receberam assistência por parte da CVP;
25 260 pessoas receberam apoio alimentar;
15 252 testes à COVID-19, incluindo 6 983 em ERPI e 537 a agentes de Protecção Civil;
11 791 pessoas receberam artigos de higiene pessoal e para a casa;
4 222 pessoas receberam apoio através das linhas de apoio social e psicossocial;
3 167  voluntários envolvidos na resposta à COVID-19;
1 794 pessoas receberam apoio para compras;
1 500 colaboradores envolvidos na resposta à COVID-19; 
1 256 sem-abrigo receberam apoio;
1 088 pessoas receberam medicamentos.