Doar

Pesquisa Facebook Instagram Twitter Flickr redes youtube

Encontre aqui a Cruz Vermelha mais próxima de si.

segunda-feira, 11 julho 2022 10:03

PSP distingue Cruz Vermelha com Medalha de Mérito

 

 

No âmbito do 155º aniversário da Policia de Segurança Pública onde o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, marcou presença, a Cruz Vermelha Portuguesa foi distinguida pelo trabalho desenvolvido durante a Pandemia da COVID-19.

Num evento ímpar que celebrava os 155 anos da PSP ao Serviço Público, foi atribuída a Medalha e Valor Policial da Polícia de Segurança Pública, Grau Ouro, à Cruz Vermelha Portuguesa, destacando a capacidade de resposta no terreno às exigências da Pandemia.

Sara Valente, Diretora Geral da Cruz Vermelha, partilha " Receber esta distinção por parte da PSP é para nós uma honra, porque acreditamos que também a PSP partilha aquele que é um desígnio fundamental: O Poder da Humanidade” e acrescenta “Manteremos total disponibilidade para continuar as ser, para a PSP e outras entidades, parceiros que contribuem para as soluções”.  

O trabalho diário dos colaboradores e voluntários, a sua capacidade de adaptação, de resiliência e a forma como reinventaram os projetos onde estavam inseridos, reflete-se nos resultados impactantes que a CVP teve ao longo de toda a Pandemia. Esta distinção atribuída pela PSP deve-se, sobretudo, ao trabalho meritoso de todos eles que, quando o mundo parou, continuaram a dar o seu melhor em prol da melhoria da qualidade de vida dos mais vulneráveis.

A todos os colaboradores e voluntários da família Cruz Vermelha, um profundo obrigado. 

 

 

 

Conheça um breve resumo das respostas da Cruz Vermelha à Pandemia

 

SOCIAL

A Cruz Vermelha Portuguesa apoia, por ano, mais de 55 mil famílias. Em igual período, no ano 2020, foram apoiadas mais de 70 mil.

Muitas foram as famílias que, por razão da Pandemia, se viram em situação de grande vulnerabilidade, nunca antes prevista. A tomada de decisão de procurar ajuda é um processo emocionalmente exigente que cresceu exponencialmente em período pandémico.  

Foram distribuídas toneladas de alimentos, refeições quentes, produtos de higiene, medicamentos, bem como disponibilizado abrigo e garantida a satisfação das necessidades básicas de milhares de pessoas que recorreram à CVP como resposta às suas necessidades.

 

SAÚDE

Desde o início da Pandemia que a Cruz Vermelha se esforça em aumentar a sua capacidade de resposta no terreno.

Chegou a ter mais de 70 Postos fixos, em simultâneo, distribuídos pelo país e uma capacidade de ativação de 74 esquipas em Unidades Móveis, permitindo que mais pessoas pudessem ser testadas num menor período de tempo.

Através de uma plataforma online da CVP, em testescovidcvp.pt, tem sido possível, ao longo de todo este tempo, o agendamento de testes com prescrição do Serviço Nacional de Saúde ou a título particular.

Para os agentes de proteção civil (como bombeiros, polícia ou militares) foi criada, pela CVP, uma via gratuita de acesso direto à realização dos testes e, na cidade de Lisboa, em articulação com entidades do setor da saúde e autarquia, foram distribuídos em zonas estratégicas da cidade postos de testagem gratuita, para a comunidade em geral.

Os rastreios na Comunidade Escolar e a intervenção das equipas da CVP em Estruturas com surtos, articuladas com a Autoridades de Saúde, foram cruciais para o controlo da Pandemia em Portugal.

A CVP realizou mais de um milhão de testes à COVID-19 desde o início da Pandemia, foram transportadas mais de 4 mil pessoas suspeitas de infeção por COVID-19 e sensibilizadas mais de 300 mil pessoas para comportamentos preventivos.

Partilhar